Juntos fazemos o bem!

AEBVB

Mensagem - Maio/2016

“Ele defende os direitos dos órfãos e das viúvas. Ele  ama o estrangeiro e lhes dá comida e roupa. Amem os estrangeiros.” 

Deuteronômio  10:18,19 NTLH 

 

Desde a Segunda Guerra Mundial, nunca tantas pessoas se deslocaram pelo mundo, em busca de refúgio, por estarem sendo vítimas de perseguição e violência causadas por conflitos e guerras. Atualmente, são 60 milhões nestas condições em todo o mundo. 49% dos refugiados são mulheres e crianças, 50% tem menos de 18 anos.

No Brasil, segundo o CONARE Comitê Nacional de Refugiados do Ministério da Justiça, nos últimos quatro anos, o número de refugiados no Brasil praticamente dobrou, passando de 4.218, em 2011, para 8.400. (dados de 2015) 

 As principais causas dos pedidos de refúgio são violação de direitos humanos (51,13%,) perseguições políticas (22,5%), reunião familiar (22,29%) e perseguição religiosa (3,18%).

No mês de dezembro de 2015 uma família parceira do Vale da Benção, nos chamou a atenção para estes dados tão expressivos, os quais temos visto quase que diariamente em noticiários e diferentes mídias sociais.  Nos reunimos com eles e depois de buscar a direção de Deus, entendemos que este seria um grande desafio para o Vale da Benção. Passamos a conhecer mais sobre o assunto, tivemos vários encontros com pessoas, igrejas e ministérios e entendemos que deveríamos iniciar um programa para acolher famílias refugiadas de países em situação de guerra e vítimas de perseguição religiosa.

Com a ajuda desta família parceira e outros irmãos e irmãs, reformamos duas casas na Cidade da Criança e recebemos  doações de sofás, geladeiras, fogão, colchões, camas, mesa, cadeiras, etc. Com isto, a casa já está quase pronta para recebermos as primeiras famílias. 

O nosso programa funcionará como casa de passagem para casos que se resolvem com maior rapidez, ou maior permanência, no caso de viúvas com filhos.

Qual serão as atividades neste programa? Além de acolher famílias oferecendo alimentação e abrigo, vamos trabalhar para regularizar a documentação pessoal, apoiar com acompanhamento psicológico, médico e dentário. Oferecer aulas de português, contribuir para o fortalecimento e renda da família. Trabalhar no pastoreio e cuidado integral da família, através da igreja local.

O nosso desejo é cumprir a Palavra do Senhor que diz: “Amem os estrangeiros.”

Louvamos a Deus pelas pessoas que Ele usou para nos despertar para esta grande necessidade.

Louvamos a Deus pelas pessoas que Ele despertou para nos apoiar na reforma das casas e aquisição da mobília.

Ainda faltam alguns itens para completar a necessidade das casas como: Utensílios domésticos, roupas de cama e roupas de homens, mulheres e crianças.

Você pode nos ajudar a manter este trabalho.

Precisamos das suas orações e intercessões para que o Senhor envie as famílias em paz e proteção.  

Que estas famílias sejam completamente restauradas e nos ajudem a restaurar milhares de outras famílias, através do amor e testemunho do nosso Senhor Deus.

Precisamos da sua contribuição financeira, para cumprirmos este grande desafio! 

Que o Senhor o abençoe grandemente!