Juntos fazemos o bem!

AEBVB

Mensagem - Janeiro/2013

“O Senhor é Pai dos órfãos e Juíz das viúvas e faz com que o solitário viva em família.” Salmos 68: 05 e 06.

 

O Manassés foi adotado! Esta foi a exclamação que ouvi ao telefone, na última semana do mês de dezembro.

Manassés foi abrigado com um ano de idade e transferido para Cidade da Criança, com dois anos e meio. Quando chegou apresentava comportamento bastante agressivo, agitação, debatia-se, não falava nenhuma palavra e não emitia sons, aparentava não ouvir e nem entender informações. Foi encaminhado para especialidades médicas como: otorrino, fono, neuro, psiquiatra e pediatra. Foi encaminhado para cirurgia de adenoide e amídalas e após a cirurgia percebeu-se mudança em sua audição, começou a emitir sons e entender um pouco as informações.

Manassés era medicado por neuro e psiquiatra e foram realizadas várias tentativas de remédios para melhorar o seu comportamento. Mesmo com a medicação Manassés apresentava hiperatividade, rebaixamento mental e sinais de autismo.

Segundo informações das mães sociais ele não conseguia se concentrar para assistir televisão, mas gostava de assistir DVDs de louvor e brincar com brinquedos que emitiam sons musicais.

No mesmo ano que Manassés foi abrigado, o casal Eduardo e Simone estiveram na Cidade da Criança, com um grupo de pessoas que vieram realizar uma programação com as crianças e adolescentes, ocasião em que comemoraram o Dia da Criança com lembranças, bolo e refrigerante. Durante este evento Eduardo e Simone tiverem contato com várias crianças e em especial com Manassés, que respondeu bem a atenção recebida pelo casal.

A partir dessa data, o casal passou a realizar visitas semanais ao abrigo, manifestando grande interesse por ele e o desejo de entrar com o pedido de guarda da criança.

Simone falava que mesmo sabendo das condições de saúde apresentadas, seu esposo e filhos, Fernanda e Renan, sentiam o desejo de ser responsáveis pelo Manassés, pois acreditavam que poderiam ajudá-lo a se desenvolver melhor dentro de um convívio familiar.

Após várias tentativas processuais junto ao Poder Judiciário, infelizmente a adoção parecia impossível. Mesmo com todas as dificuldades, o casal não desistiu e tinha esperança de ter a guarda de Manassés.

Esta adoção foi motivo de oração e intercessão pelas mães sociais, pela família de Simone e todos envolvidos com Manassés.

Finalmente o Ministério Público interviu neste caso e a criança foi liberada para a família.

Manassés passou o Natal e todas as festividades do final do Ano de 2012, em companhia com sua nova família. A família que o Senhor que é o Pai dos órfãos preparou para que o acolhesse com amor.

As notícias que temos de Manassés, é que está muito bem, recebendo uma super atenção de todos da família. Fernanda e Renan gostam muito dele. Simone tirou quatro meses de licença para cuidar de Manassés.

Nós, agradecemos a Deus por esta experiência tão marcante. Uma experiência de fé e oração, que envolveu dezenas de pessoas, que buscavam a Deus por uma família para Manassés. E Ele concedeu! Louvado seja o Seu Nome!

Para Eduardo, Simone, Fernanda, Renan e Manassés, oramos a seguinte promessa:

“Tu guardarás em perfeita paz, aquele cujo propósito está firme, porque em ti confia.” Isaías 26:03 

Para você, meu irmão e minha irmã que tem estado conosco em oração e contribuição, oramos para que o Senhor o dirija e o acompanhe em Sua graça, durante o ano de 2013.

 

Continue conosco! Continue com nossas crianças!

 

Débora Fahur

Diretora de Programas Sociais

 

Contribua para esse ministério que tem resgatado centenas de crianças, adolescentes e famílias. Utilize o boleto ou faça depósito bancário através das contas:

 

Banco Bradesco Banco Itaú

Ag: 0198-8 Ag: 0774-9

C/C: 098645-3 C/C: 09545-9